Viajar: O desafio de conhecer novos lugares faz bem ao cérebro!

VIAJAR: O DESAFIO DE CONHECER NOVOS LUGARES FAZ BEM AO CÉREBRO! RÁDIO 104 FM
a exposição a novos ambientes, durante as nossas viagens, aumenta a plasticidade mental. / Foto: Dino Reichmuth

Viajar, ter contato com a natureza, outras culturas, aventuras, até os mais sedentários são adeptos a sair de casa e fazer um esforço físico para alguma aventura. Faz parte de nós, humanos, que temos dentro de nós, uma natureza itinerante.

Embora experimentar novas coisas significam um pouco de desafio, a exposição a novos ambientes, durante as nossas viagens, aumenta a plasticidade mental, mas o que é isso?

A plasticidade mental, nada mais é, que a capacidade do cérebro de ampliar suas fronteiras, de se reinventar, desta forma, é importante ressaltar a viagem para diferentes lugares.

Segundo um estudo realizado pela Universidade de Cornell, quanto mais longe formos em nossas viagens, maior será a satisfação, o sentimento de felicidade relacionado a uma viagem.

VIAJAR: O DESAFIO DE CONHECER NOVOS LUGARES FAZ BEM AO CÉREBRO! RÁDIO 104 FM
A exposição a novos ambientes, durante as nossas viagens, aumenta a plasticidade mental. / Annie Spratt

Essa foi a descoberta dos pesquisadores, tudo isso aconteceu ao analisarem postagens dos viajantes no twitter. Hoje em dia, é normal os cientistas usarem as redes sociais para mapear os comportamentos da vida humana.

O projeto constou em um estudo, onde foram utilizadas 37 milhões de tuítes geolocalizados, de exatamente 180 mil pessoas.

As pessoas que participaram de estudos, costumavam a postar sobre a rotina que enfrentam durante seus dias, porém, ao retratarem uma viagem, palavras que expressam felicidade, eram bem mais facilmente encontradas.

Viajar trata-se de fugir da rotina, do estresse dos grandes centros globais, do tédio, portanto, não se impeça de dar ao luxo de viajar e mesmo que as dificuldades financeiras batam na porta, valerá apena guardar aquele dinheirinho para uma boa viagem!

Produção de áudio: Alexandre Motta / Produção textual: Maria Heifer – Rádio 104 FM

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *