Leonardsen

Casa da Marielle Confeitaria inaugura no centro de Paranaguá

A tradicional Confeitaria Mariele está com uma nova instalação em Paranaguá.

Nesta sexta-feira (14) foi inaugurada, na rua Conselheiro Sinimbu, 75, mais um estabelecimento com o padrão de qualidade da empresária Mariele Cabral Mendes. Doces, tortas, bolos confeitados, recheados e tradicionais, além de cafés tradicionais e também especiais, são alguns dos diferencias que podem ser encontrados no local.

O novo estabelecimento conta com ambiente climatizado, além de mesas e cadeiras bastante confortáveis aos seus clientes. Com o novo empreendimento, agora, a Mariele Confeitaria atende em dois endereços na cidade.

Compartilhar:

Ecovia prevê movimento de 50 mil veículos na BR 277 e rodovias do litoral neste final de semana

Foto: Reprodução / Ecovia.

50 mil veículos são esperados entre sexta-feira (14) e domingo (16) no trecho sob concessão da Ecovia, que administra a BR-277 (Curitiba-Paranaguá) além das PRs 407 e 508. A previsão do Simepar é de que a máxima em Matinhos chegue aos 30ºC no sábado (15), o que pode atrair os turistas a seguir viagem rumo ao Litoral.

Nesta sexta-feira, o fluxo de veículos deve aumentar a partir das 18 horas, com o pico previsto para o período entre 19 e 20 horas, com o tráfego três vezes acima do normal. No sábado, o movimento deve estar acima do normal apenas no período da manhã, normalizando após o meio-dia.

A expectativa é de que, para o retorno, os motoristas optem por subir a Serra no domingo, principalmente após as 16 horas. O horário de maior movimento na volta a Curitiba deve ser entre 19 e 20 horas, com o triplo do fluxo normalmente registrado na BR-277. Para o fim de semana, a Ecovia disponibiliza 5 viaturas de inspeção e 3 viaturas operacionais, além de 4 ambulâncias e 3 guinchos extras no domingo.

Ao viajar pela BR-277 no trecho Curitiba-Litoral, a concessionária Ecovia orienta que motoristas e passageiros tenham em mãos o telefone 0800 410 277, que pode ser acessado para solicitar serviços de atendimento a panes, remoções e guinchos.

Compartilhar:

Porto de Antonina foi o quinto porto que mais cresceu no Brasil

Foto: Reprodução / Paraná Portal.

O Porto de Antonina, no Litoral do Paraná, registrou o quinto maior crescimento entre 19 portos brasileiros em 2019. Segundo o Ministério da Infraestrutura, o volume de carga movimentado foi 17,3% maior que o registrado no ano anterior. A média nacional de crescimento entre os portos públicos do país foi de 10,3%. 

Segundo Gilberto Birkhan, Diretor Presidente do TPPF – Terminais Portuários Ponta do Félix, empresa responsável pelas operações no porto, a meta para 2020 é manter índices elevados de expansão. “O fundamental é reconhecer essa nova etapa dentro do TPPF, com mais consistência na prestação de serviços, principalmente nos serviços de armazenagem de produto e trabalho especializado com cargas diferenciadas”, ressalta.

PREVISÃO DE CRESCIMENTO

De acordo com Gilberto, o TPPF espera crescer 70% e movimentar cerca de 1,5 milhão de toneladas de produtos neste ano, principalmente farelo de soja não transgênico e fertilizantes, os carros-chefe do Porto de Antonina.

Uma das principais vantagens do TPPF para quem comercializa estes produtos, segundo Birkhan, é o terminal alfandegado com entreposto aduaneiro – que permitiu um crescimento de 47% de fertilizantes entrepostado. “O produto quando chega em nossos armazéns permanece em propriedade do exportador lá de fora”, explica.  “O produto pode ficar no Paraná ou ser nacionalizado para o estado de Goiás, por exemplo, sem o pagamento do ICMS interestadual”. 

Quando o produto chega com destino determinado no Brasil, e o cliente tem a necessidade de alterar o destino, Estado de consumo ou uso, ele será taxado com ICMS. Essa cobrança pode ser evitada com a utilização do entreposto aduaneiro. “Obviamente também fazemos descarga direta, o produto vai direto para o destino final. Mas a grande oportunidade é o entreposto aduaneiro, o qual o TPPF oferece”, completa.

Além da vantagem do entreposto, Birkhan afirma que o TPPF conta também com melhorias na estrutura marítima para manter o crescimento. “Estamos na expectativa de aumento da profundidade em nosso calado, o que permitirá alavancar ainda mais estes números”, afirma.

ANTONINA EM NÚMEROS

Em 2019, passaram pelo Porto de Antonina 908.377 toneladas.  Do total, 559,4 mil toneladas se refere a importação de fertilizantes que cresceu 18% em relação a 2018. A exportação  de açúcar ensacado cresceu 7% em relação ao registrado em 2018. Já o farelo de soja, o crescimento da movimentação superou a casa de 18%.

O TPPF conta, atualmente, com 60 mil metros quadrados de infraestrutura de armazenagem, com capacidade estimada de 200 mil toneladas estática. Este número será elevado com as obras de expansão em andamento.

Compartilhar:

Centro Educacional Menna Barreto disponibiliza vários cursos em Paranaguá

Foto: Coordenador Comercial Bianca e Thiago Campos.

O Centro Educacional Menna Barreto está oferecendo várias oportunidades para quem quer se colocar no mercado de trabalho. Neste início de ano, diversos cursos estão com as matrículas abertas e com preços acessíveis.

Foto: Divulgação / Menna Barreto.

Com uma grande estrutura no centro de Paranaguá, a instituição se destaca por formar centenas de alunos todos os anos e conseguir índices recordes de inserção no mercado.

Foto: Divulgação / Menna Barreto.
Compartilhar:

Levantamento sobre a dengue em Paranaguá demonstra que a cidade está com médio risco

Foto: Reprodução / Governo do Paraná.

A preocupação com a dengue em Paranaguá é uma constante. O tempo abafado e de muita chuva auxilia na proliferação do mosquito transmissor da doença, o Aedes Aegypti. Durante todo o ano, os agentes de endemias realizam visitas domiciliares e em empresas levando a conscientização e verificando possíveis criadouros para o inseto. Palestras e acompanhamentos em locais com casos suspeitos também são realizados.

Nesse grupo de ações, uma ferramenta importante para detecção de índices do mosquito é o Levantamento Rápido de Índice para Aedes Aegypti (LIRAa). “Um sistema sorteia os quarteirões dos bairros para realização da amostragem. No LIRAa é realizada coleta de larvas em casas ou terrenos baldios que são posteriormente analisadas no laboratório”, explica A responsável pela Vigilância em Saúde, Eleniz do Rocio Mendes.

O Sistema utilizado, conta o número de imóveis e terrenos baldios trabalhados, de larvas e de criadouros. O resultado pode ser de baixo, médio ou alto risco, a porcentagem de criadouros e quais criadouros mais encontrados. O agente de endemias faz de imediato, o tratamento e a eliminação dos criadouros encontrados.

Conforme o último levantamento realizado por meio do LIRAa, de 13 a 17 de janeiro, Paranaguá encontra-se no médio risco o que reforça a importância de exterminar possíveis criadouros para o mosquito.

Os criadouros mais encontrados estão no lixo, recipientes plásticos, garrafas, entulhos de construção, baldes, caixa d’água, vasos e pneus.

CASOS

Conforme boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), desde julho de 2019 foram confirmados 6 casos de dengue em Paranaguá, um considerado grave.

Compartilhar:

O Maior cartão de descontos do Brasil chegou em Paranaguá

Conversamos no programa Algazarra com Aender, Diretor da filial Paranaguá do Cartão de Todos. Com o Cartão de Todos a família pode ter acesso à saúde de qualidade a preços acessíveis, além de descontos incríveis nas áreas de educação e lazer.

Foto: Divulgação / Cartão de Todos.

Com uma pequena mensalidade no valor de R$ 23,10, que serve para toda a família (não é individual), a família passa a ter acesso a descontos incríveis em mais de 10mil estabelecimentos em todos os estados brasileiros, com a praticidade e simplicidade que só os filiados Cartão de Todos tem acesso.
Rua Presciliano Corrêa 113, Centro Histórico em Paranaguá – Fone fixo e WhatsApp: (41) 3721-7475. Cartão de Todos, o Cartão de Todas as Famílias.

Foto: Divulgação / Cartão de Todos.
Compartilhar:

Ladrão arranca ar condicionado de Creche do Centro de Paranaguá e leva a máquina nas costas

Foto: Meliante roubando aparelho de ar condicionado da Creche Helena Porto do Centro de Paranaguá.

Por volta das 2h35 da madrugada de terça-feira (04), as câmeras de segurança da 104 FM flagraram a ação de um ladrão no Centro de Paranaguá. O homem arrancou o ar condionado de uma das salas do CMEI Helena Porto dos Santos, localizada na Praça dos Leões. Ação do meliante durou aproximadamente 3 minutos.

Ele retirou a maquina do ar condicionado pela parte externa do creche, ou seja, pela Rua José Antonio Temporão. Após a ação, o bandido colocou a máquina nas costa e saiu tranquilamente pela rua. Nenhum veículo ou pedestre passou pelo local no momento do roubo.

Compartilhar: